Empresa atinge 100 mil empregados

Expansão do quadro de pessoal da CAIXA é uma marca histórica e amplia universo de cidadãos com previdência complementar

A CAIXA Econômica Federal atingiu em 11 de setembro a marca de 100 mil empregados contratados. Nos 153 anos de existência da empresa, esta é a primeira vez que este quantitativo é alcançado.

Só este ano, entre janeiro e agosto, foram contratados 2.763 empregados. A marca histórica de 100 mil foi atingida na contratação de Luana Brayn Farias, natural da cidade de São Paulo, com residência em Cravinhos, município localizado a 24 km de Ribeirão Preto (SP), onde a nova empregada integrará a equipe da Agência Portugal. Luana tem 29 anos e é formada em Ciências Contábeis.

 

luana.jpg

Luana Brayn Farias, empregada da CAIXA e participante da FUNCEF, em Seminário de Integração. 

 

A forte expansão do quadro de pessoal da Patrocinadora ao longo dos últimos anos foi fator determinante para a também significativa elevação do número de participantes da FUNCEF. O total de participantes da Fundação (ativos, aposentados e pensionistas) saltou de 70.728 em 2003 para 135.895 mil no final de agosto deste ano.

Nesse período, o nível de adesão à FUNCEF por empregados em atividade na Patrocinadora, incluindo novos e antigos, subiu de 83,13% para 96,98%, em média. 

O interesse dos novos empregados tem sido cada vez maior. O percentual de adesão entre empregados que estão ingressando na Caixa manteve-se acima de 98% entre janeiro e agosto deste ano. Houve meses em que a adesão foi de 100%.

Adesão imediata – Luana Brayan Farias, a empregada que completou o quadro de 100 mil contratados, já é também participante da FUNCEF, com 7% de contribuição ao Novo Plano. Sua adesão ocorreu durante o Seminário  de Integração, assim que a Fundação lhe foi apresentada. Ela conta que já havia participado de plano de previdência complementar em dois empregos anteriores, na Nestlé e no Grupo São Martinho, mas ainda não havia se atentado para o fato de que na CAIXA teria a oportunidade de voltar a participar de um fundo de pensão.

“Achei ótima a novidade. Nas outras experiências que tive com previdência complementar, acabei fazendo o resgate para custear despesas, inclusive com o cursinho, e agora volto a ter um plano para quando me aposentar”, salientou a nova participante da Fundação.

Trabalhar mais e melhor – Para o diretor de Benefícios da FUNCEF, Délvio Joaquim Lopes de Brito, o crescimento do número de participantes impulsionado pelas contratações da patrocinadora revela a capacidade que tem a Fundação de contribuir com a inclusão de mais cidadãos à previdência complementar, dando assim maior evidência à sua função social. “Por isso é muito importante que haja esse esforço permanente pela adesão de todos os empregados da CAIXA ao nosso fundo de pensão. E temos ainda que sempre buscar formas mais adequadas de prestar serviços a esses novos participantes. Ou seja, aumenta ainda mais a nossa responsabilidade no desenvolvimento das atividades diárias na Fundação”, enfatiza o diretor.


fonte: Comunicação Social da FUNCEF

FENACEF - Federação Nacional das Associações de Aposentados e Pensionistas da CEF | SCS QD. 01 Ed. Central • 7º andar - Salas 701 e 708 Brasília / DF - CEP 70.304-900 | Fone: (61) 3322-7061 - Fax: (61) 3225-1999 | Site desenvolvido por BR6